Bem vindo! Willkommen! Você chegou  a “casa virtual” da Zotter Chocolates. Aqui você encontra notícias sobre os bastidores da fantástica fábrica de chocolates, detalhes e curiosidades sobre nossas linhas de produto, novidades sobre orgânicos e comércio justo, receitas de lamber os beiços e muito mais.

  • Academy-Of-LondonSlider

    Zotter premiado em Londres

    Chocolate Premiado em Londres Zotter ganha diversos prêmios: 2 x Ouro, 8 x Prata e 5 x Bronze Todos os...

  • Header

    Labooko Coco

    De formato pouco comum, Andreas H. Gratze optou por compor a embalagem da “barra com espírito caribenho” na Era Eduardiana...

  • Slider

    Lançamento: Labooko Superfood “Medium Raw” 75%

    A Zotter criou esse “super-chocolate”, assim chamado por conter “super ingredientes” (Superfood). Além dos anti-oxidantes contidos nos 75% de porcentagem...

  • Slider

    Chocolate da Índia?!

    Cacau da Índia? Com certeza não é de forma alguma algo a que se associe de imediato com o país...

  • SolarPanel

    De onde vem a energia?

    Global Nos meses frios, é quando se percebe mais particularmente, a ausência de energia. Alguns raios de sol podem ajudar...

  • slider

    Labooko Coco e Comfort Food

    Ao provar o chocolate Labooko coco, eu tive uma epifania. Um insight. Durante a degustação, minhas células olfativas e gustatórias...

  • ZotterHandscooped

    Biografia Zotter / Linha do Tempo

    Josef Zotter, nasce em 21. de fevereiro de 1961 em Feldbach (Estíria, Áustria). Aprendizado da profissão de cozinheiro/garçon e confeiteiro...

  • Cacaulindoslider

    Qual a diferença entre chocolate orgânico e não-orgânico?

    Esse post inaugura uma série de investigações sobre chocolate orgânico. Na verdade, de muitos dos ingredientes que estão envolvidos na...

  • ImagemSlider

    Zotter do Grão-à-Barra

    Como é feito o chocolate? O chocolatier Josef Zotter faz suas criações na propria fábrica, processo conhecido como Bean-2-Bar (Grão-à-Barra)...

  • FamiliaMitzi1

    Ousados, Selvagens e Redondos – Família Mitzi Blue

    Ousado, selvagem e redondo – Mitzi Blue está engajado com as últimas tendências. Títulos Cativantes, design moderno e um pequeno...

slider

Ao provar o chocolate Labooko coco, eu tive uma epifania. Um insight. Durante a degustação, minhas células olfativas e gustatórias enviaram impulsos elétricos que imediatamente ativaram minha memória, em algum mecanismo incrível e perfeito. Quase que ao mesmo tempo em que o chocolate derretia na minha língua, vieram à minha mente cenas e episódios da minha infância. O ruído de pesadas cadeiras de madeira arrastando-se sobre o piso frio, o cheiro do guaco e da arruda e o toque gentil das mãos sempre atarefadas e recendendo a temperos de vovó vieram à superfície do mar das minhas recordações.

Era o manjar. O manjar de coco da minha avó, aquele com grandes flocos de coco e calda de ameixa preta que ela fazia nos domingos à noite, quando a família toda se reunia na casa dela. Pois bem, comfort food é o termo que caracteriza aqueles alimentos que evocam um estado psicologicamente confortável e conseguem trazer à superfície da consciência boas memórias, geralmente ligadas à infância. Em outras palavras, comfort food é um sinônimo mais hype de “comida de vó”. E foi assim minha experiência ao comer o Labooko coco. Me senti reconfortado, abraçado e aninhado nos recônditos dos meus momentos de infância passados na casa dos meus avós.

manjarrr

Nossa fisiologia dos sentidos é muito particular. Das regiões cerebrais que processam as informações vindas dos nossos órgãos sensoriais, a que processa as informações olfativas é a que se encontra mais próxima da área que acessa nossas memórias. Nada mais natural que o olfato seja o sentido que mais rapidamente consegue evocar memórias antigas. Bem, é claro que as nossas experiências são individuais e desse modo cada indivíduo possui uma carga de memórias e sentimentos distintos, e a degustação de um alimento pode provocar diferentes reações nas pessoas. Isso faz parte da maravilha de sermos únicos.

Mas independente disso, as sensações de degustar um Labooko coco são muito agradáveis. Um derretimento perfeito e uma cremosidade láctea sem leite embalam deliciosas notas tropicais de coco. Tudo muito adequado para aqueles que, por algum motivo, não consomem produtos lácteos. O produto não perde em cremosidade para nenhum chocolate elaborado com leite dos alpes suíços.

Fonte Imagem: www.mapadacachaca.com.br

Biografia Zotter / Linha do Tempo
O Negócio familiar Zotter

FEEDBACK