Bem vindo! Willkommen! Você chegou  a “casa virtual” da Zotter Chocolates. Aqui você encontra notícias sobre os bastidores da fantástica fábrica de chocolates, detalhes e curiosidades sobre nossas linhas de produto, novidades sobre orgânicos e comércio justo, receitas de lamber os beiços e muito mais.

  • Academy-Of-LondonSlider

    Zotter premiado em Londres

    Chocolate Premiado em Londres Zotter ganha diversos prêmios: 2 x Ouro, 8 x Prata e 5 x Bronze Todos os...

  • Header

    Labooko Coco

    De formato pouco comum, Andreas H. Gratze optou por compor a embalagem da “barra com espírito caribenho” na Era Eduardiana...

  • Slider

    Lançamento: Labooko Superfood “Medium Raw” 75%

    A Zotter criou esse “super-chocolate”, assim chamado por conter “super ingredientes” (Superfood). Além dos anti-oxidantes contidos nos 75% de porcentagem...

  • Slider

    Chocolate da Índia?!

    Cacau da Índia? Com certeza não é de forma alguma algo a que se associe de imediato com o país...

  • SolarPanel

    De onde vem a energia?

    Global Nos meses frios, é quando se percebe mais particularmente, a ausência de energia. Alguns raios de sol podem ajudar...

  • slider

    Labooko Coco e Comfort Food

    Ao provar o chocolate Labooko coco, eu tive uma epifania. Um insight. Durante a degustação, minhas células olfativas e gustatórias...

  • ZotterHandscooped

    Biografia Zotter / Linha do Tempo

    Josef Zotter, nasce em 21. de fevereiro de 1961 em Feldbach (Estíria, Áustria). Aprendizado da profissão de cozinheiro/garçon e confeiteiro...

  • Cacaulindoslider

    Qual a diferença entre chocolate orgânico e não-orgânico?

    Esse post inaugura uma série de investigações sobre chocolate orgânico. Na verdade, de muitos dos ingredientes que estão envolvidos na...

  • ImagemSlider

    Zotter do Grão-à-Barra

    Como é feito o chocolate? O chocolatier Josef Zotter faz suas criações na propria fábrica, processo conhecido como Bean-2-Bar (Grão-à-Barra)...

  • FamiliaMitzi1

    Ousados, Selvagens e Redondos – Família Mitzi Blue

    Ousado, selvagem e redondo – Mitzi Blue está engajado com as últimas tendências. Títulos Cativantes, design moderno e um pequeno...

cacau_03

No dia da Amazônia, celebrado hoje dia 5 de Setembro, lembramos das origens das nossas delícias e homenageamos nossos parceiros produtores de cacau na Amazônia.

Agricultura Familiar – A Parceria que transforma vidas

O que muitos produtores pensam ser impossível é realidade em um dos lugares mais distantes e desconhecidos do Brasil – no meio da Amazônia. Oportunidade para exportar, divulgação do produto, assistência técnica gratuita, intercâmbio para troca de conhecimentos e apoio logístico é o generoso amparo de que dispõe o produtor de cacau Darcírio Wrosnki, do município de Medicilândia/PA (22 mil habitantes), também presidente da Cooperativa de Produtos da Amazônia (Copoam). O resultado, para Wrosnki, de todo esse suporte foi o aumento em 100% nas suas vendas em apenas dois anos, além do início de exportação para Áustria e Alemanha – o que ainda lhe pode gerar muito mais renda.

cacau

Wrosnki é proprietário de 91 hectares, dos quais 38 são de floresta preservada, e, nos demais, ele cultiva 32 mil pés de cacau. Em 2008, a sua produção era de 50 toneladas de cacau; no ano seguinte, ampliou para 75 toneladas. Para 2010, a previsão é chegar a 100 toneladas. Esta ampliação geométrica foi propiciada pela parceria com a Natura, que é hoje responsável por cerca de 50% das vendas de cacau do agricultor. Além da produção de cacau, a propriedade de Wrosnki conta com 26 cabeças de gado, uma pequena produção de feijão e uma horta. Mas o cacau é o sua principal renda.

Outro aspecto muito importante para a ampliação dos horizontes do agricultor foi a conquista, pela cooperativa, do selo do Instituto de Mercado Ecológico (IMO), em 2008, o que possibilitou a exportação. O IMO é emitido por agência certificadora suíça ligada à Federação Internacional da Agricultura Orgânica. Este selo certifica sistemas de controle de qualidade ambiental e social, bem como a produção orgânica.

Em função deste certificado, a fábrica Zotter de chocolates da Áustria  se interessou pelo cacau de Wrosnki e ele se tornou um dos seus fornecedores. Ele, inclusive, visitou a empresa na Áustria, e observou que os chocolates são embalados com todas as informações: modo de produção, incluindo o fato de ser orgânico e de ser procedente da Amazônia, com a preservação da floresta. “As pessoas ficam sabendo que a gente produz um cacau de alta qualidade. Conseguimos facilidades por conta da aceitação. O aroma é uma delícia”, comemora.

Com o início da exportação, Wrosnki teve a grande oportunidade de poder agregar valor ao seu produto. Antes do contrato e do selo de mercado orgânico, o mercado local oferecia um preço de R$ 3 pelo quilo. Depois de tantas novidades, o preço supera os R$ 6. “Agora o ganho é muito maior mesmo”, revela o agricultor. A Copoam conta também com apoio da prefeitura de Medicilândia, que doa livros didáticos para os filhos dos agricultores e também presta assistência técnica. Agricultor há 27 anos, Wrosnki diz que essas suas conquistas fizeram com que ele trocasse a agricultura de subsistência pela rentável.

Fonte: Revista A Granja

O cacau orgânico produzido na Amazônia pode ser degustado nas duas barras de 35grs da linha Labooko. Esta vem com teor de 35% de cacau, que derrete nas papilas gustativas.

Labooko35

 

European Business Award
Semana de comemorações na Zotter

FEEDBACK